O tendão é representado pela estrutura que conecta o músculo ao osso e por isso deve ser resistente o suficiente para suportar à contração e força exercidas pelo músculo, evitando rupturas de tendão. Os principais tendões ao redor do ombro são o bíceps – origina-se no ombro e seu prolongamento forma o famoso bíceps do braço – e o manguito rotador.

O manguito rotador, por sua vez, é um conjunto de quatro tendões (supraespinal, infraespinal, subescapular e redondo menor) que se unem formando uma espécie de capuz ou cobertura sobre a cabeça do úmero (osso do braço) e atuam na função de elevação (abdução) ou rotações do ombro.

Qualquer processo de inflamação (tendinite) ou lesão (ruptura de tendão parcial ou total) costuma causar dor e comprometer a função do ombro. A dor pode ocorrer devido aos esforços ou mesmo em situações de repouso (dor noturna) e, embora tenha a origem na região do ombro, também pode irradiar até o cotovelo. Nesses casos, movimentos simples como a elevação do ombro até a altura da cabeça podem ser extremamente difíceis para o paciente.

Causas

As rupturas de tendão são originadas de esforços relacionados ao trabalho, prática de esportes, quedas, tentativa de erguer objetos muito pesados ou por enfraquecimento devido ao envelhecimento natural dos mesmos (conhecida como lesão degenerativa). O acúmulo de esforços menores por repetição dos movimentos (esforços repetidos) ou o esforço único exagerado (peso) também podem causar a ruptura de um ou mais tendões.

Diagnóstico

Ao visitar um ortopedista especialista em ruptura de tendão no ombro serão realizados inúmeros testes para identificar o quadro em que o paciente se encontra. Normalmente é solicitada a realização de uma ressonância magnética para obter imagens dos tendões e, portanto, diagnosticar de forma ainda mais precisa.

Tratamento

O tratamento pode variar de acordo com cada caso, compondo-se de medicação, fisioterapia, infiltrações e, em casos mais graves, cirurgia. Confira mais detalhes sobre ruptura ou lesão do manguito rotador.

Importante!

Procure orientação de um ortopedista especialista em ruptura de tendão no ombro assim que detectar algum dos sintomas ou após sofrer algum trauma. A demora prolongada no diagnóstico e início do tratamento pode comprometer permanentemente o movimento desta articulação tão importante.

O Dr. Carlos H. Ramos é ortopedista especialista em ombro e cotovelo com 20 anos de experiência na área. Conheça os locais de atendimento e agende a sua consulta!