O ombro é uma articulação extremamente complexa formada por ligamentos, tendões, ossos e músculos (leia o artigo com os detalhes sobre a anatomia do ombro) e há muitas condições capazes de causar fraqueza. A fraqueza no ombro é definida pela perda de força nos músculos da região e geralmente o primeiro e mais importante sinal de problema é representado pela dor.

A seguir, confira as principais causas, diagnóstico e tratamento para a fraqueza no ombro:

Causas

Os movimentos da articulação dependem da força muscular que pode estar prejudicada gerando fraqueza simplesmente como mecanismo protetor por reação à dor. Outra causa é quando há lesão ou rompimento de músculos ou tendões.

Lesões crônicas (tendinites, artrites, artroses e fibromialgia) podem gerar atrofia muscular o que também se reflete na perda de força. Além disso, o excesso ou a falta de exercícios podem ser os motivadores da fraqueza.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito pelo ortopedista especialista em ombro que leva em consideração os sintomas e exames físicos e de imagem como radiografia, ultrassonografia ou ressonância magnética.

Tratamento

De modo geral, o repouso ou relaxamento podem ser suficientes para recuperar a força do braço. Compressas, analgésicos e anti-inflamatórios também podem aliviar a dor, a inflamação e o inchação da região. Em algumas situações também é necessário recorrer a procedimentos cirúrgicos. No entanto, apenas o ortopedista especialista em ombro será capaz de indicar o tratamento ideal para cada caso.

Atenção!

Fraqueza muscular pode indicar problemas musculares adquiridos por práticas incorretas ou mesmo por uma doença hereditária. Portanto, ao sinal de qualquer um dos sinais mencionados, busque a orientação de um ortopedista especialista em ombro.

O Dr. Carlos H. Ramos é ortopedista especialista em ombro e cotovelo com 20 anos de experiência na área. Conheça os locais de atendimento e agende a sua consulta!